Mal súbito

Foi absolutamente surpreendido pela carroceria. O motor estava ligado, mas não lhe ocorreu que o vulto no banco do motorista pudesse se distrair como se distraiu. Deve ter soltado a embreagem com a ré engatada, pois a caminhonete deu um coice seguro para trás. Um movimento curto, só o bastante para que seu tronco fosse esmagado contra a árvore no canteiro. A dor que se seguiu foi, para ele, de uma intensidade até então desconhecida. Antes que pudesse percebê-la, observou-se com vívida curiosidade. Tinha um brilho estranho nos olhos quando sussurrou fascinado:
― Está acontecendo…

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s