Duas coisas

Não pensava em morte,
o vagabundo.
Só queria colo
e um sono eterno,
profundo.

Anúncios
Padrão

Um comentário sobre “Duas coisas

  1. Gostei, David. Deste poema e de muita coisa que li aqui: Emily Dickinson, “O universo é um dragão verde” (que preciso reler), os minicontos. Vou lincar no Contramão. E amanhã te escrevo, para trocarmos algumas idéias sobre cinema. Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s