Menoridade

Por derramar um copo plástico de guaraná no macacão azul da menina, atiçou uma pequena multidão ao seu redor. Fosse com toda a psicologia do universo, mesmo que até o último segundo daquela festa de aniversário, ainda assim não conseguiriam arrancar daquele menino de quatro anos uma descrição compreensível da beleza que enxergava nos pequenos lapsos de descontrole.

Anúncios
Padrão

Um comentário sobre “Menoridade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s